Icono de teléfono Atenção ao cliente +351 212 696 338

Quirón Salud

Rota do paciente

Primeira consulta – Na primeira consulta irá ser realizada a primeira avaliação. Nessa consulta os pacientes serão informados sobre os possíveis tratamentos de Reprodução Assistida disponíveis e sobre os seus custos

 

Estudo da Mulher – Para o despiste de alterações femininas são realizadas análises gerais e ecografia ginecológica. Para além disso podem também ser realizadas análises serológicas, análises hormonais, revisão ginecológica completa, cariótipo e exames complementares de diagnóstico que o seu médico ache relevante.

 

Estudo do Homem – O principal exame de diagnóstico masculino a realizar será o espermograma com recuperação espermática (REM) que nos permite fazer uma primeira avaliação da capacidade de fecundação dos espermatozóides. Para além disso, podem também ser realizadas análises serológicas, análises hormonais, cariótipo e exames complementares de diagnóstico que o seu médico ache relevante.

 

Esperma de dador ou do casal – A utilização de sémen de dador é proveniente de um Banco de doação de esperma Certificado. O pedido do sémen é realizado tendo em conta as características físicas dos pacientes e do dador.

 

Estimulação ovárica

Biópsia Testicular – intervenção cirúrgica realizada por um Urologista com o objetivo de extrair cirurgicamente espermatozóides, directamente dos testículos. Esta intervenção é indolor uma vez que será realizada mediante sedação.


Recolha de óvulos + Recolha de sémen

Inseminação artificial conjugal (IAC) – é um tratamento que implica uma estimulação ovárica controlada suave e que não necessita de ser realizada em Bloco cirúrgico pois é um procedimento simples e não invasivo. Adcionalmente, é necessário que a recuperação de espermatozoides móveis (REM), a partir da amostra de sémen colhida no próprio dia ou previamente criopreservada, atinja um valor adequado.
 

Colheita de ovócitos + colheita de esperma

A Inseminação artificial de dador (IAD) é um procedimento idêntico à IAC com a diferença de que o sémen utilizado é proveniente de um banco de sémen de dador.
 

Doação de óvulos – quando o diagnóstico assim o recomenda, o casal pode optar por realizar o tratamento com óvulos doados provenientes de uma dadora. Esta é a técnica de Reprodução Medicamente Assistida com maior percentagem de êxito.
 

Sémen de dador – O sémen de dador provem de um banco de dadores de esperma Certificado.  O pedido do sémen é realizado tendo em conta as características físicas dos pacientes e do dador.
 

FIV/ICSI  - Fertilização in Vitro / Injecção intracitoplasmática de espermatozóide: Este tratamento implica uma estimulação ovárica através da administração subcutânea de hormonas e controlada ecograficamente. A Punção ovárica ecoguiada é realizada no Bloco cirúrgico sob sedação anestésica, pelo que é um processo indolor. Cada óvulo maduro será fecundado por FIV ou ICSI, dependendo do diagnóstico, dando origem a embriões que mais tarde serão selecionados para transferência embrionária para o útero materno.
 

Diagnóstico genético pré-implantatório – é uma técnica que tem uma regulamentação legal própria e que se aplica aos casos em que se pretende evitar a transmissão genética de doenças graves.
 

Criopreservação de embriões – No caso em que o número de embriões de boa qualidade é superior ao número de embriões que se transfere, estes são criopreservados mediante a técnica de vitrificação para que sejam utilizados posteriormente pelo casal.
 

Transferência de Embriões – é o acto médico de, através de um catéter, depositar os embriões selecionados no útero materno de forma a conseguir uma gravidez.
 

Gravidez – para confirmar a gravidez realiza-se uma análise ao sangue e posteriormente são realizadas ecografias com sonda vaginal até confirmar o batimento cardíaco fetal.