Consulta online Consulta online Consulta online
Cons. telefónica Cons. telefónica Cons. telefónica
« Volver a noticias

A ENDOMETRIOSE AFETA UM GRANDE NÚMERO DE MULHERES COM INFERTILIDADE

Artigo do Dr. José Antonio Domínguez Arroyo.

Ginecologista e Diretor clínico de IERA Lisboa Quironsalud

A endometriose é uma doença que pode aparecer em qualquer momento da vida reprodutiva da mulher e costuma causar bastantes sintomas, como dores durante a menstruação e frequentemente também de forma cronica, dores durante as relações sexuais, pressão abdominal, dificuldade para conseguir gestação – afetando entre 20 a 30% de mulheres com problemas de infertilidade – mesmo em alguns casos evoluídos pode alterar o sistema digestivo e o aparelho urinário por aderências e compressão.

É possível dizer que a endometriose é uma doença benigna, não obstante, implica segundo o grau, uma diminuição importante da qualidade de vida das pacientes.

Para aprofundar sobre a importância desta doença, recentemente tem se publicado em Espanha a guia Manejo de la paciente con Endometriosis durante la Edad Fértil, publicado pela Sociedade Espanhola de Fertilidade (SEF), e elaborada por doze ginecologistas espanhóis, entre eles o Dr. José Antonio Domínguez Arroyo, diretor clínico de IERA Lisboa Quironsalud.

Da mesma maneira, durante os dias 7 e 8 de junho celebrou se em Córdoba (Espanha) a VII Reunião Nacional Grupos de Interesse da SEF onde se apresentou e analisou em profundidade este importante documento.

Como pontos chave, foi salientado a necessidade de não serem agressivos desde o ponto de vista cirúrgico, sobretudo em mulheres que não têm filhos ou que ainda não tenham completado a sua família, assim como tratar estas pacientes desde diferentes âmbitos, com tratamentos médicos que melhorem a sua qualidade de vida e, em muitos casos com apoio psicológico específico, já que a sua cura definitiva com frequência é mais complicada.