Consulta online Consulta online Consulta online
Cons. telefónica Cons. telefónica Cons. telefónica

O Centro

A infertilidade é um problema que afecta inúmeros casais. As causas que provocam esta doença são muito variadas, mas em muitos casos as técnicas de Reprodução Assistida e em especial a fertilização "in Vitro" (FIV/ICSI) podem solucionar este problema.

O Instituto Extremeño de Reproducción Asistida (IERA) foi criado para receber estes casais utilizando as técnicas médicas e biológicas mais avançadas e os tratamentos mais personalizados.
Além do trabalho de assistência, o IERA leva a cabo actividades profissionais que tentam ampliar o âmbito das nossas actuações e contribuir para o contínuo avanço que se verifica nas técnicas de Reprodução Assistida.

O IERA foi pioneiro nas técnicas de fertilização "in Vitro" na Extremadura e é nossa intenção continuar a liderar no campo biomédico, tanto a nível de êxitos dos resultados como na satisfação dos nossos pacientes.

O IERA é pioneiro na Extremadura  em Reprodução assistida:

  • Primeira gravidez por fecundação "in vitro"
  • Primeira gravidez por doação de óvulos
  • Primeira gravidez com sémen proveniente de biópsia testicular
  • Primeira gravidez com embriões crio-preservados
  • Primeira gravidez por vitrificação
  • Primeira gravidez por DGP


No IERA personalizamos cada caso e dependendo do factor que provoque a infertilidade, a idade e os tratamentos utilizados, podemos dizer-lhe qual a percentagem aproximada de êxito que pode alcançar no momento de ver cumprido o seu desejo.


O IERA foi pioneiro, na Extremadura de Espanha, em todas as técnicas de Reprodução Assistida. No ano 2000 nasceu o nosso primeiro bebé através da FIV  e no ano de 2001 os primeiros bebés nascidos graças a embriões congelados e doação de ovócitos. No ano de 2002 nasceu o primeiro bebé pelo método de biópsia testicular. Independentemente do procedimento, o sucesso final de qualquer técnica será sempre que, a cada casa, chegue um bébésaudável e neste sentido pretende-se reduzir ao mínimo o número de gravidezes múltiplas que aumentem o risco, tanto para a mãe como para os recém-nascidos.

 


Horário de funcionamento:
De segunda a sexta
Das 9h00 às 20h00